• Agência ZeroUm

5 Grupos de K-POP que deram DISBAND

Conheça alguns grupos de K-pop que se separaram e até hoje deixam saudade em nossos corações.

O palco vazio. Foto: Wix Media
O palco vazio. Foto: Wix Media

Ser fã de K-pop é suportar inúmeros surtos. É estar preparado para o temido alistamento obrigatório dos Idols, no caso dos grupos masculinos. E também o tão temeroso disband. Mas, você pode estar se perguntando, o que é disband? Não se preocupe, respondemos para você. O disband é o nome dado quando um grupo de K-pop se separa, ou seja, o grupo se desfaz e cada um dos membros segue caminhos diferentes.


Existem vários motivos para que um grupo sofra o disband, podendo ir desde conflitos internos até uma decisão da própria empresa. Para os K-poppers, é extremamente doloroso ver um grupo que sempre amou e acompanhou se desfazer. Sendo ainda mais angustiante quando vemos que os membros não querem que o disband ocorra.


"Se" você caiu nesse artigo de paraquedas, pode entender mais sobre o que é K-pop, clicando aqui, mas não esquece de voltar quando terminar, hein! Nesta matéria, iremos abordar os 5 grupos de K-pop que deram disband ao longo dos anos e os motivos pelo qual aconteceram.


4MINUTE


O grupo feminino, formado por cinco mulheres, debutou — estreou — em 2009, pela Cube Entertainment, permanecendo juntas por sete anos. Produziram muitos trabalhos além de subunits e projetos solos. 4Minute foi um dos grupos de maior sucesso no K-pop. Para os fãs, foi muito triste presenciar o disband das meninas em 2016. O trabalho de despedida foi o mini álbum ‘Act 7’.


Confira aqui um dos últimos MV’s das meninas do 4Minute.




2NE1


Formado pela YG Entertainment em 2009, o grupo feminino foi o de maior sucesso no K-pop. Constituído por quatro mulheres, conquistou inúmeros prêmios. Quando anunciado o disband, o público não foi pego de surpresa. O 2NE1 vinha em hiato — sem promoções — há um certo tempo. Entretanto, os fãs sempre mantiveram esperança de que o grupo voltaria com força total. Porém, em 5 de abril de 2016, foi anunciada a saída de Minzy, integrante que não quis renovar contrato com a empresa.


Existiam muitas dúvidas sobre o que aconteceria com o grupo após a saída de Minzy. E não demorou para que o anúncio do fim grupo ocorresse. Aquele novembro de 2016 ficou marcando de forma triste para os fãs do grupo. Em janeiro do ano seguinte, o grupo lançou o single de despedida. Nomeado de ‘Goodbye’, a última música gravada foi inteiramente dedicada aos fãs.



Confira aqui o último MV das meninas do 2NE1.




B.A.P


O grupo masculino formado pela TS Entertainment era formado por 6 integrantes. Seu debut foi em janeiro de 2012. Com um som mais pesado e MVs mais escuros, com um conceito mais dark o B.A.P logo fez sucesso mundo afora. Chegando a se apresentar até mesmo no festival Music Bank Brasil. Assista ao festival completo que aconteceu no Rio de Janeiro em 2014.


A trajetória do grupo passou apresentou alguns problemas. Em 2014, houve um hiato por conta de uma uma batalha judicial no qual todos os membros acionaram a contratante. Em agosto de 2015 foi anunciada a volta do B.A.P para a mesma empresa.


A notícia gerou muita revolta em alguns fãs. E, em 2018, mesmo com os novos lançamentos e comebacks, a TS Entertainment anunciou a saída de dois membros que optaram por não renovar o contrato com a empresa.


Confira aqui o último MV dos meninos do B.A.P




SISTAR


Foi um grupo feminino, formado por quatro integrantes, e agenciado pela Starship Entertainment. Surgido em 2010, as meninas passaram sete anos juntas e ganharam muita popularidade no mundo do K-pop. Seus MVs coloridos e até mesmo sensuais deixaram as meninas conhecidas como “The Queens of Summer” — As rainhas do verão. Sistar teve seu disband oficial em maio de 2017 logo depois do último comeback.


Apesar de ter sido noticiado estavam discutindo a renovação de seus contratos com a empresa responsável, fato normal em todo e qualquer grupo de K-pop, optaram por seguirem caminhos diferentes.


Confira aqui o último MV das meninas do SISTAR.




F(X)


O grupo foi criado pela SM Entertainment em 2009, inicialmente era formado por 5 integrantes. Entretanto, após seis anos do debut, a integrante Sulli resolveu seguir carreira solo. Graças a seu estilo experimental aliado ao som diversificado, baseado em um pop eletrônico, F(x) foi um dos primeiros grupos de K-pop que ficou internacionalmente conhecido.


Desde a saída da Sulli, a empresa começou a focar nos trabalhos solos das demais integrantes. Em agosto e setembro de 2019, foram realizados alguns anúncios. Dentre estes, a saída de Amber aliado ao fato de que Luna e Victoria não haviam renovado. Neste cenário, restava apenas Krystal. Isto posto, o anúncio oficial do disband foi feito.


Em outubro de 2019 foi anunciado em todos os portais coreanos de notícia o falecimento de Sulli — uma das integrantes — vítima de suicídio.


Confira aqui um dos MV’s das meninas do F(x).

Em memória de Sulli, não colocaremos o último do grupo, mas sim o último em que ela esteve presente.



É sempre muito doloroso e triste para os fãs o disband, afinal acompanhamos construímos juntos em popularidade a trajetória, vemos nascer cada trabalhos e sua maturidade até que um dia tudo acaba. Eles deixam de estar juntos como grupo. Porém, muitos seguem carreiras solos e merecem nossa atenção como fãs.


Gostou? Deixe aqui nos comentários qual disband te deixou mais chateado!


Quer saber mais sobre o universo do K-pop? Acesse o artigo completo que preparemos.



Lohanna Irie

Jornalista, roteirista e escritora de Fanfics para Agência ZeroUm.