• Agência ZeroUm

A Supernova, Isa Lemos

Atualizado: 3 de Mai de 2020

Uma história para muito além do tatame.

Foto: Arquivo Pessoal de Isa Lemos.

O ano era mais ou menos 2014, Isabely Generoso da Silva Lemos acompanhava seu irmão, Guilherme, nas aulas de Jiu-Jitsu sem saber o futuro que por ela esperava. Resistente, não se dispunha a ouvir os convites para conhecer o esporte até que um dia cedeu. E esta experiência mudaria para sempre a sua vida.


Aos 10 anos, Isa Lemos iniciava sua trajetória. Algum tempo depois, quando chegou à GF Team percebeu que seu estilo se encaixou perfeitamente com a filosofia do time. A partir da faixa amarela, percebeu que poderia alçar voos maiores. E se desafiou.


Disputou mais de 80 torneios, tendo estado no pódio em cerca de 90% destes. Nascia um fenômeno. Um ritmo de competições e vitórias que a fez se desafiar ainda mais. E as apostas eram altas, tal como a Etapa do Europeu de Jiu-Jitsu em Portugal (IBJJF). A atleta não possuía recursos, mas não cruzou os braços.


Aproveitou as oportunidades. Vendeu sanduíches nos campeonatos que participava, organizou ‘vaquinha’ e ação entre amigos para poder conseguir custear a viagem. Seus pais e irmão foram fundamentais no apoio, assim como toda a família e amigos que abraçaram a causa. E assim, Isa embarcou carregada de esperança e sonhos em sua primeira viagem sozinha.


Era um país distante, apesar de mesma língua, mas nada que fizesse com que ela se abatesse. Firme e determinada como sempre, adentrou o ‘tatame’ para mais uma série de combates. Foram 03 no total. E, assim, a categoria Juvenil Pesadíssimo conhecia ali – internacionalmente – a menina de 1,85m que cruzou o Atlântico, saindo de São Gonçalo/RJ, e que se apaixonara pela arte suave.


O título da etapa foi mero detalhe diante de sua trajetória, empenho e dedicação. Como este, ainda faturou a etapa do Mundial (CBJJO) realizado na cidade do Rio de Janeiro/RJ. Ao fim de cada competição, é o pódio que a contém. Que segura esta menina cheia de energia e sonhos. Naquele momento, seja qual for o lugar que ocupa, em sua memória está o sentimento de que tudo está valendo a pena. A lembrança dos caminhos percorridos, os momentos de superação.


E superação é palavra de ordem em seu dia a dia e em seus planos. Isa reconhece que o esporte a transformou. Desde a oportunidade de conhecer novos caminhos, mas sobretudo a disciplina. Aconselha os jovens à prática do esporte por ser importante para saúde mental e física. Gera compromisso, ajudando na convivência em sociedade. No futuro, deseja ser capaz de retribuir tudo o que conquistou com o Jiu-Jitsu abrindo uma academia e acolhendo jovens. A oportunidade é repartir e assim multiplicar aquilo que é bom.


Aos poucos a realidade vai se construindo para alguém ainda tão jovem, por traz de uma trajetória bonita e desafiadora existe aquela menina com um sorriso ‘sem jeito’. A pressa com as palavras por vezes dominaram aquela que costuma ser implacável com os adversários. Isa Lemos é o futuro sendo construindo no esporte deste Brasil de tantas dificuldades. De pouco incentivo. As medalhas são as melhores respostas de que existe um caminho que passa pela educação, esporte e a disciplina que advém deste doce encontro.

Bruno Velasco

Agência ZeroUm