• Agência ZeroUm

'Aprende-se quando se faz o que gosta'

Atualizado: Jun 30

O diferencial do olhar por trás do espaço capaz de gerar o ensino.

Por dentro do aprender. Foto: Bruno Velasco
Por dentro do aprender. Foto: Bruno Velasco

O espaço no qual se realiza o ensino pode ser - para muitos - apenas um local de aplicação ou transferência de conhecimento. Entretanto, educar ou ensinar é um processo realizado ao longo de períodos e fases que estão estruturadas dentro de um ambiente no qual o social vai sendo aprendido. Parte importante deste processo se desenvolve, justamente, no ambiente em que se aprende.


'A qualidade do sistema educacional de uma nação será uma das principais determinantes, talvez a principal, de seu êxito durante o próximo século e para além dele'. Howard Gardner.

A jornada do saber, por sua vez, requer atenção e um cuidado especial. A criança neste processo não deve ser passageira. E, sim, estimulada a interagir e aprender com seus iguais, colocando-se no lugar do outro e tomando pequenas decisões capazes de estimular o raciocínio nela.


Nesta dinâmica, o olhar pedagógico por trás do espaço de ensino mostra-se como parte importante no desenvolvimento daqueles que - daqui a 13 ou 15 anos - estarão encarando novos desafios como ingressar na faculdade ou no mercado de trabalho. Com isso, tanger e lidar com questões simples desde as primeiras escolhas, bem como aprender a lidar com as consequências destas, mostra-se como uma etapa inerente que deve ser introduzida na realidade de crianças e jovens desde cedo.


Todavia, em um contexto mais amplo, o cenário em que se encontram as condições de ensino no Brasil está distante do ideal por diversos fatores. O conflito entre o ideal e o real inquietou um grupo de três educadores que estão em busca de um modelo em que as aptidões de cada um possam ser valorizadas e trabalhadas.

Neste contexto, a vocação e o desejo comum uniram, por sua vez, Marina Carvalho, pedagoga e psicopedagoga, Matheus Carvalho, professor de arte e designer, e Louise Maggiorini também pedagoga e psicopedagoga em um projeto múltiplo, um sonho gestado ao longo de pouco mais de dois anos que se concretizou em um espaço.


Nasceu, assim, um curso cujo foco está na valorização das aptidões da criança e do adolescente. O diferencial que agrega neste formato é a proposta de auxiliar o aluno na escolha daquilo que ele deseja ser, conforme o tipo de inteligência de cada um, dentro de um contexto com acompanhamento profissional especializado para que o melhor de cada um possa ser trabalhado e potencializado.


Este trabalho dentro desta nova forma de pensar é importante e se mostra capaz de capacitar pessoas e permitir que o processo de escolha ao longo do tempo não seja determinado pela falta de opções, ou por não estarem capacitados ou aptos a escolher. A criança pode ser capaz de enxergar as possibilidades que cada escolha traz consigo, bem como as responsabilidades envolvidas em cada uma, de modo gradativo, ao seu tempo.


A criança - ator principal dentro deste recorte - precisa ser entendida como um indivíduo que necessita ser assistido, olhado e trabalhado sob o aspecto das múltiplas inteligências. É preciso, então, 'desuniformizar' para extrair o real que pode haver escondido, devolvendo o lúdico, a criatividade. Adentrando na realidade da criança. Entendendo suas necessidades sociais, trabalhando em conjunto com as famílias em prol do desenvolvimento capaz de transformar o ser.


Para quem quiser obter mais informações, o Espaço Múltiplo está localizado na Rua Roma, 172. Vila Romana, Lapa/SP. E mais informações podem ser obtidas por meio do telefone: (11) 95135-1265.